#QuadroBranco

 A campanha foi lançada na primeira edição do Jornal Nuvem Negra com a  pergunta: Quantos/as professores/as negros/as tem na PUC? Com os dados, de 2016, do Sistema de Gerência Universitária da PUC-Rio (SGU), vimos que o quadro de professores da PUC é branco.

Dos 1985 professores, apenas 86 são negros. No ritmo que está, e baseado nos dados dos últimos 10 anos, a universidade só igualaria os números de professores brancos e negros no ano de 2136. A estimativa é que mais de 100 anos serão necessários para que espaços como a PUC retratem a real proporção racial do país.

Um dos intuitos desta campanha é gerar reflexão e qualificar o debate a respeito dos efeitos perversos da falta de representatividade negra nos espaços de ensino e no desenvolvimento de pesquisas acadêmicas.

Clique aqui para saber mais e aqui para baixar as artes da campanha #QuadroBranco na PUC.

Quer levar a campanha para a sua universidade ou escola?

UM TEXTO AQUI SOBRE COMO CONSEGUIR OS DADOS EM UNIVERSIDADES E ESCOLAS PÚBLICAS PELA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO

E UM AQUI COMO DAR UM JEITO PRA CONSEGUIR EM PARTICULARES

AQUI SOBRE A IDEIA DE COLAR OS CARTAZES NOS QUADROS

E AQUI SOBRE A IDEIA DE FAZER RODAS DE CONVERSAS E IR NAS SALAS DE AULA PRA FALAR SOBRE O ASSUNTO